O treino de recuperação não é menos importante.

Se acham que vou “sofazar” neste começo de novo Ano e ficar a ver as séries na netflix no aconchego da lareira estão bem enganados. 

Já estou bastante envolvido com os preparativos da nova época. Para além dos passeios de bike de estrada e de BTT tenho feito treino de força no ginásio. E pesado! Claro que depois fico cheio de dores musculares. A seguir revelo algumas “receitas” que ajudam na recuperação muscular:

Bebo muito

Água claro 😊. É muito importante o consumo de água para a libertação de metabolitos. Deve-se beber pelo menos 1,5 litros de água por dia e se possível juntar algumas vitaminas e minerais. Durante o treino perde-se muito água pelo suor e esta deve ser reposta pelas bebidas isotónicas, preferencialmente.

Como proteína

Mesmo que estejas a comer em défice calórico para perder peso, deves certificar-te que ingeres suficiente quantidade de proteínas pois estas são importantes na reparação e manutenção das fibras musculares. Os hidratos de carbono e as gorduras saudáveis também são importantes para te dar energia e diminuir o processo inflamatório.

Mantenho-me em movimento

A última coisa que apetece fazer quando todo o corpo dói é mexer-me, mas é exatamente isso que preciso de fazer. Ao ser ativo melhoro a circulação sanguínea eliminando os resíduos musculares de forma mais acelerada. Uma aula de Ioga ou um passeio pelo parque são duas boas opções. Os “Pros” chamam a este tipo de exercício de recuperação ativa. Se tiveres um frequencímetro tenta manter a pulsação abaixo dos 140 batimentos.

Gelo

Imediatamente após um treino intenso, o gelo nos músculos pode diminuir a inflamação. Às vezes, até um simples banho de água fria ajuda a diminuir o processo inflamatório.

Bons treinos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fique a par das novidades!

Receba a nossa newsletter.

Obrigado por subscrever

Veja as nossas promoções!

  • Nenhum produto no carrinho.